Abdominoplastia - Cirurgia Plástica

Abdominoplastia é uma cirurgia plástica para região abdominal, cirurgia plástica no abdomên: a popular plástica na barriga. É um procedimento cirúrgico desenvolvido para diminuir o abdômen, removendo o excesso de pele e gordura, reposicionando os músculos da parede abdominal. “Popularmente” falando, não é nada mais do que plástica na barriga, para deixar a barriga lisinha. O Procedimento cirúrgico da abdominoplastia pode ser optado por anestesia peridual ou anestesia geral. As incisões ficam escondidas no baixo ventre em forma de parábola com vértice voltado para cima e ao redor do umbigo. O tamanho da cicatriz final depende de cada paciente. Para melhorar o resultado pode-se associar lipoaspiração nos flancos. Com a necessidade da internação de 1 dia, após o procedimento cirúrgico. A anestesia pode ser geral ou peridural. O Tabaco e a abdominoplastia Para realizar uma abdominoplastia é necessário deixar de fumar pelo menos 30 dias antes da operação. O fumo e o tabaco prejudicam a circulação cutânea e dificultam a cicatrização, levando até mesmo à necrose de pele. Em casos de necessidade associa-se vitamina C, vasodilatadores e magnésio, antes da cirurgia. Isto será orientado pelo cirurgião plástico. Pré-operatório da abdominoplastia Evitar alimentos pesados (condimentados, frituras) nos 3 dias antes da cirurgia até 01 semana depois, fazer os exames de rotina. Não pode tomar remédio a base de acetilsalicílico (aspirina, doril, ASS…) e ginkobiloba, pois essas substâncias aumentam o sangramento Duração da cirurgia plástica Abdominoplastia A cirurgia dura em média de 3 a 5 horas. Possíveis inconvenientes As pessoas podem perder a sensibilidade temporariamente no abdômen. Pós-operatório da abdominoplastia O abdômen é uma área um pouco sensível, podendo assim haver casos em que o pós-operatório apresenta um grau maior de sensibilidade dolorosa, assim com uma prescrição do médico é possível fazer o uso de analgésicos para a redução de dores que possam ter na localidade do abdômen, no pós-operatório. Algumas indicações são feitas pelos médicos, para assegurar uma maior garantia de resultado e de recuperação, como andar ligeiramente curvado para frente nas primeiras 3 semanas, pode ser necessário uso de um pequeno dreno e repouso relativo, podendo caminhar sem cometer excessos, por um pouco mais de tempo que nas outras cirurgias plásticas. Dependendo de cada cirurgião, são prescritas cintas e meias elásticas além de drenagem linfática. Importante frisar, como é uma cirurgia plástica mais sensível o tempo de recuperação é um pouco maior, e o paciente deve ter bastante cuidado no pós-operatório, para evitar complicações, seguindo as recomendações que são dadas pelo próprio médico a risca. Os pontos são retirados em etapas a partir do final da primeira semana. Todos os cuidados e eventos sucessivos no pós-operatório serão repassados por escrito e explicados ao paciente no momento da alta hospitalar. Riscos cirúrgicos O paciente é bem avaliado no pré-operatório, incluindo exames laboratoriais de rotina e avaliação criteriosa do cardiologista, e outros especialistas se houver necessidade, de tal modo que, a segurança do paciente é mantida no mais alto nível de critério e cuidado possível Complicações pós-operatórios Algumas complicações são possíveis no pós-operatório: seromas (acúmulo de líquido amarelo claro ou ligeiramente avermelhado no abdome), hematomas, infecção, alterações de cicatrização, irregularidades na parede abdominal e reações alérgicas a produtos utilizados em curativos. Resultados Abdominoplastia é uma cirurgia plástica onde não tem resultados para o resto da vida, a duração dos resultados podem ser afetadas por diversos fatores como: idade, variação do peso corporal, qualidade e textura da pele, influências hormonais, ou a gravidez. E isso não quer dizer que os resultados poderão sumir rapidamente, com um tratamento e cuidados certos, o resultados permanecerão por bastante tempo. Com a abdominoplastia é possível obter bons benefícios como melhora do contorno corporal, melhora da cintura, melhora da auto-estima e nos relacionamentos interpessoais. A volta às atividades pode ser após 2 semanas de modo moderado, não realizando exercícios que exijam esforço na região abdominal. Agende sua consulta com o Dr. Antônio Luiz Moreira - Cirurgião Plástico.

Interessado?

Envie-nos uma mensagem que entraremos em contato na brevidade.