Eletrolipólise

Esta terapia faz uso de descargas elétricas de baixa freqüência que são estimuladas por pares de eletrodos aplicados nas regiões que apresentam gordura em excesso. A passagem da corrente elétrica através dos tecidos provoca aquecimento quebrando a molécula adipócita, aumenta a circulação local e favorece as trocas celulares e a eliminação de toxinas através da bexiga. Além disso, ativa o sistema hepático e renal. O procedimento é utilizado somente com agulhas. É normal surgir eritemas e vermelhidões na pele após aplicação. Contra indicação: tumores de natureza maligna, mioma uterino, trombose, hipoglicêmicos, Síndrome de Cushing, em tratamento com corticóides e progesterona prolongado, neoplasias, uso de marca-passo, gravidez, insuficiência renal, neuropatias, infecção ativa. O procedimento dura 45 minutos.

Interessado?

Envie-nos uma mensagem que entraremos em contato na brevidade.